terça-feira, 13 de novembro de 2012

Caixa de entrada

Em 13 de novembro de 2012 20:19, O salvador do dia <muitoamor@gmail.com> escreveu:

Ei, você!
Quanto tempo faz? Semanas? Meses? Não importa. Nosso tempo não passa assim (ou, pelo menos, não deveria ser).
Eu perguntaria se está tudo bem, mas eu sei que não está. Sei que você está mal, destruída, atordoada e que também está evitando pensar sobre isso para não desmoronar.
Você quer abraço pra poder chorar de soluçar e pra ouvir que vai ficar tudo bem.

Sabe, vai ficar tudo bem (eu sei que parece um tanto frio quando você não pode encher minha camiseta de lágrimas, mas acredite em mim: Vai ficar tudo bem).

É isso. É a vida: dias ruins, dias bons, dias... Você é maior do que isso porque não é assim que se conta o tempo da vida (ou, pelo menos, não deveria ser).

Um abraço bem apertado, demorado e cheio de amor.

(é o que dá pra fazer agora)

Com carinho

Nenhum comentário: